Catarinenses vão ao Quênia disputar o Mundial

Até o dia 18 de julho outros atletas poderão garantir índice ao Campeonato

Campigotto (E) garantiu vaga no Mundial de Nairóbi.

Duas atletas catarinenses garantiram, no último domingo, índice para a disputa do Campeonato Mundial de Atletismo que acontecerá na cidade africana de Nairóbi, no Quênia. A seletiva brasileira foi realizada na cidade de Bragança Paulista (SP) com a participação de 650 atletas de 22 estados, sendo 81 catarinenses.

O atletismo catarinense ratificou sua qualidade e performance ao sagrar-se vice-campeão brasileiro por equipes e ainda ter ficado em segundo lugar nos naipes masculino e feminino entre os estados participantes.

Foram sete medalhas de ouro e oito de prata e bronze, totalizando 23. A Associação de Atletismo de Blumenau (AABLU) e a Associação Corville (Joinville) foram as duas entidades catarinenses com as maiores delegações, com 13 e 11 atletas respectivamente.

O maior feito foi conquistado pelas atletas Daniele Campigotto, do Clube de Atletismo de Chapecó (CAC) e Lays Cristina Rodrigues, da Corville. Elas alcançaram índice na prova dos 100 metros com barreiras, respectivamente com 13seg98 e 14seg07, sendo o índice exigido de 14seg15.

“Não imaginava vencer o Brasileiro nem conseguir o índice para o Mundial”, admitiu Daniele, de 18 anos. “Eu estava muito confiante nos treinos realizados em Joinville”, disse Lays, de 16 anos, que lidera o Ranking Brasileiro Sub-18 de 2021 na prova, com 14.31.

Tanto o Campeonato Pan-americano quanto o Mundial de Atletismo selecionam seus participantes por meio de índices. O Brasil só poderá ter dois representantes por prova em Nairóbi e a definição completa vai se dar pelo ranking brasileiro apurado até o dia 18 de julho.

Confira aqui a performance catarinense no Brasileiro Sub-20






31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo