Comenda do Mérito Esportivo de SC chega a 28ª edição com novas homenagens

Atualizado: 6 de ago.

Evento também premiou um advogado com a Medalha Marcílio Krieger

Colegiado de 21 membros do CED-SC elege anualmente os homenageados. Fotos: Divulgação CED-SC


Solenidade, com a presença de aproximadamente 200 participantes, ocorrida na noite da última quinta-feira (04), marcou a realização da 28ª edição da Comenda do Mérito Esportivo de Santa Catarina e a 11ª edição da Medalha Marcílio César Ramos Krieger. Os eventos anuais, promovidos pelo Conselho Estadual de Esportes (CED-SC), em parceria com a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SC), são marcados por homenagens às pessoas físicas, jurídica e “in memoriam”, que dedicaram suas vidas e trajetórias significativamente ao desenvolvimento do esporte catarinense,

Trata-se da maior honraria ofertada pelo governo de Santa Catarina para galardoar brasileiros e estrangeiros que tenham se destacado ou prestado relevantes serviços ao esporte catarinense ou nacional. A festa de outorga aconteceu nas dependências do centro de eventos de Águas Mornas, na região da Grande Florianópolis.

Instituída em 1994, a Medalha do Mérito Esportivo já foi concedida a 168 personagens esportivos históricos do Estado e do Brasil. Já a Medalha Marcílio César Ramos Krieger, instituída pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SC) foi criada em 2011 e já homenageou 16 advogados com amplo saber jurídico-esportivo.

Os agraciados da memorável noite foram eleitos pelo CED-SC em 2021 e por conta de contingências, especialmente relacionadas ao calendário e a pandemia do Covid-19, somente este ano receberam suas honrarias. Aldo Azevedo, multicampeão de bolão, tendo como padrinho o conselheiro Àlvaro Provessi; Dalmo Bozzano, ex-árbitro de futebol (Selvino Anderson Junior); Amaro José da Silva Júnior, ex-atleta de futsal e técnico de futebol (Jeferson Ramos Batista); Ivan Bruno Maziero (Macarrão) ex-jogador e técnico de handebol (Alziro Golfetto) e Pedro Ducker Bastos, ex-presidente da Fesporte (Cláudio Dannehauer) se incorporam a galeria de Comendadores como pessoas físicas.


Amaro José da Silva Júnior, ex-atleta de futsal

Pedro Ducker Bastos, ex-presidente da Fesporte

Dalmo Bozzano, ex-árbitro de futebol

Ivan Bruno Maziero (Macarrão) ex-jogador e técnico de handebol

Aldo Azevedo, multicampeão de bolão,

Na categoria In memoriam, a homenagem foi concedida ao ex-jogador de futebol e gestor esportivo da Péricles Antônio Correia, tendo como padrinho Alexandre Badotti. Como pessoas jurídicas, foram agraciados o Grupo Malwee, empresa que presta apoio continuado ao esporte (patrocínios) e a Federação Catarinense de Desporto Universitário (FCDU), na condição de entidade esportiva com personalidade jurídica apadrinhadas, respectivamente, pelos conselheiros Jean Leutprecht e Alziro Golfetto.

Comissões especiais que integram o CED-SC estão em tratativas para definir, nos próximos 30 dias, a nominada dos personagens que serão homenageados em 2022, sendo que os títulos deverão ser entregues, em solenidade especial, ainda este ano.


Aldo Abrahao Massih (C) recebe de Vinícius Bion (E) e Luciano Hostins a Medalha Marcílio Krieger.

Já a Medalha Marcilio César Ramos Krieger foi entregue ao advogado Aldo Abrahão Massih Junior, ex-auditor do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SC). Aldo foi o 16º a receber a honraria desde 2011 e tem no seu currículo participações em vários órgãos judicantes pelo Brasil, entre eles o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

152 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo