Do Norte ao Sul, Curta Mais Floripa dá show na Ilha da Magia

Projeto visa proporcionar mais lazer e diversão para a população e turistas


Surfe, futevôlei e um festival de altinha. Do Norte ao Sul da Ilha, um show de esportes e lazer para todos os gostos e idades. O Curta Mais Floripa, projeto que tem o apoio da Prefeitura de Florianópolis, invade as praias de Canasvieiras, Mole e Açores para continuar dando uma “cara” nova ao verão na Ilha da Magia em mais um final de semana de muitas atrações.

Começando pelo Norte, na praia de Canasvieiras, nas imediações do trapiche, cerca de 150 atletas tem presença confirmada no 2º Circuito Curta Mais Floripa de Futevôlei. Divididos em três quadras, competidores de várias categorias e naipes, separadas por uma rede, pretendem dar mostras de habilidade e talento sob as areias.

As disputas tem início no sábado a partir das 8 horas e terminam no domingo, com a realização das finais das categorias. Em jogo, além do espetáculo de habilidade, os atletas vão em busca de uma robusta premiação em dinheiro, além de troféus, medalhas e brindes aos melhores do circuito. “Canasvieiras já virou uma referência para as ações do Curta mais Floripa. O local é fantástico para as famílias assistir jogos e ao mesmo tempo se divertir”, comenda secretário de cultura, esporte e lazer de Florianópolis, Edi Pereira.

Para Júlio César da Silva, o “Cezinha”, organizador da competição, o sábado e domingo serão dias diferentes, marcados por muita movimentação de atletas de diversas regiões da grande Florianópolis. “Tenho certeza que em Canasvieiras teremos o mesmo sucesso que foi a primeira etapa que realizamos na Beira-mar Norte, em Janeiro”, prevê Cezinha.



E para quem desejar se familiarizar com um esporte novo, que há cerca de três anos aportou em Florianópolis vindo do Rio de Janeiro, a praia Mole, no Leste da Ilha, será palco do Festival Curta Mais Floripa de Altinha. Trata-se de uma competição em que cada time conta com a participação de quatro atletas.

A disputa tem semelhança com o futevôlei, mas a diferença está na execução de manobras com a bola que valem pontos atribuídos por um corpo de jurados. Quanto melhor a evolução das manobras, maiores serão as notas e as chances de seguir adiante na competição.

O festival, conforme o coordenador do evento Roni chaves, já tem a confirmação de 96 atletas com idade entre 20 e 35 anos. A competição, que normalmente é disputada em um espaço delimitado na areia a beira da praia, desta vez será disputada no gramado em frente a praia Mole. As apresentações, no sábado, tem início às 8 horas e no domingo, o show dos atletas termina por volta das 17 horas.



E para a galera do surfe, a pedida é a praia dos Açores, no Sul da Ilha. O Surf Festival, que tem a participação de atletas amadores da grande Florianópolis, entre várias baterias das categorias Sub-18, Sub-12, Júnior, Open, Master, Feminino e Interna, vai ser disputado no sábado (19), a partir das 7 horas. Além de pranchas e kits especiais, o Festival vai premiar os melhores com R$ 15 mil.

A previsão de ondas é a melhor possível. Um mini swell, deve acontecer no final de semana, indica boas condições de ondulações para que a moçada possa se divertir. A ondulação prevista no período da manhã é de meio metro com vento terral nordeste fraco e boas possibilidade de aumentar na tarde que será ensolarada, conforme informações prestadas pelos organizadores do evento.


O Curta Mais Floripa tem apresentação dos Supermercados Imperatriz e Cerveja Corona, com o patrocínio do Colégio Santa Terezinha (Ingleses) e Floripa Airport. A realização é da Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (AFESC) com o apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis em parceria com a NDTV e Rádio Magia FM.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo